sábado, 31 de julho de 2010

Suíte Senzala II


Enquanto avança o trabalho de edição do documentário sobre o Tambor de Sopapo a trilha sonora vai tomando forma.
O músico uruguaio Sebastián Jantos já havia participado do espetáculo Yacupampa, que trata da matriz cultural africana, sua influência na música e nos costumes dos povos no sul do Brasil, Uruguai e Argentina. Nessa semana ele aproveitou passagem por Porto Alegre para registrar sua percussão para Suíte Senzala, que integra a trilha sonora do filme. Serão quatro canções que falam do Sopapo e das mulheres e homens que fizeram dessa história uma experiência criativa e emocional para todos que conhecem o tambor. As canções estão em fase de arranjos e captações de idéias. O estúdio é na casa do Lucas Kino, pilotando a técnica e os arranjos percussivos.
Suíte Senzala é uma dessas que nasceu nas andanças em Pelotas, suas ruas e esquinas, seu passado e seu presente, seus mistérios e sombras.

Leia mais e ouça a canção na voz da cantora pelotense Giamarê.


Suíte Senzala

(Serraria & Redenção)

Cidade Velha
caminhos de pedra
o Paço dos Negros
suor e chibata
a escravidão
a cidade esquece
purga e cala

O grande tambor
o mapa da água
arroio Pelotas
os ossos de quem não fala
a escravidão
a cidade esquece
purga e cala

Brasa que passa nas mãos
o Rincão das Almas
Monjolo, Torrão
Algodão, Armada
a escravidão
a cidade esquece
purga e cala

Esquina da Carne
Sweet Senzala
a escravidão
a cidade
Esquece...porque cala

Nenhum comentário:

Postar um comentário